Login

1º simulado TRT Ap/PA

ANALISTA LEGISLATIVO – ATRIBUIÇÃO TÉCNICO EM MATERIAL E

PATRIMÔNIO-FCC 2007 – Câmara dos deputados

 

Estrutura lógica de relações arbitrárias entre pessoas, lugares, objetos ou eventos fictícios; deduzir novas informações das relações fornecidas e avaliar as condições usadas para estabelecer a estrutura daquelas relações. Compreensão e elaboração da lógica das situações por meio de: raciocínio verbal, raciocínio matemático, raciocínio seqüencial, orientação espacial e temporal, formação de conceitos, discriminação de elementos. Compreensão do processo lógico que, a partir de um conjunto de hipóteses, conduz, de forma válida, a conclusões determinadas Estrutura lógica de relações arbitrárias entre pessoas, lugares, objetos ou eventos fictícios; deduzir novas informações das relações fornecidas e avaliar as condições usadas para estabelecer a estrutura daquelas relações. Compreensão e elaboração da lógica das situações por meio de: raciocínio verbal, raciocínio matemático, raciocínio seqüencial, orientação espacial e temporal, formação de conceitos, discriminação de elementos. Compreensão do processo lógico que, a partir de um conjunto de hipóteses, conduz, de forma válida, a conclusões determinadas

 

RACIOCÍNIO LÓGICO-MATEMÁTICO

33. Carol recebeu uma promoção na Repartição Pública onde trabalha e Sueli, sua colega de trabalho, foi incumbida de fazer um discurso no dia de sua posse. Para tal, Sueli anotou alguns dados que serviriam de base para redigir o discurso:

a) Carol começou a trabalhar enquanto cursava o Ensino Médio, aos 16 anos de idade;

b) Carol ingressou no Serviço Público após ter cursado a pós graduação em Direito;

c) seus pais mudaram-se para o Rio de Janeiro, onde Carol cursou o Ensino Básico;

d) quando cursávamos o 4o ano da Faculdade, Carol apresentou-me seu marido Gastão, uma semana após ter começado a namorá-lo;

e) eu fui escolhida para elaborar o discurso em sua homenagem;

f) conheci Carol na Universidade, em que ambas ingressamos no curso de Direito;

g) Carol nasceu em São Paulo no dia 18 de maio de 1975;

h) Carol concluiu o curso de bacharelado em Direito, em 1999;

i) seu primeiro emprego foi como auxiliar em um escritório de advocacia;

j) Carol casou-se com Gastão 6 meses após o início do namoro. Para que todos esses dados sejam incluídos no discurso na ordem cronológica em que ocorreram, a ordem de inserção deverá ser:

 

(A) g − c – a − d − f − j − h − i − b − e

(B) g − a − c − i − f − d − h − j − b − e

(C) g − c − a − i − f − d − j − h − b − e

(D) e − g − c − a − i − f − d − j − h − b

(E) e − a − i − c − f − h − g − b − d − j

_________________________________________________________

34. Uma aranha demorou 20 dias para cobrir com sua teia a superfície total de uma janela. Ao acompanhar o seu trabalho, curiosamente, observou-se que a área da região coberta pela teia duplicava a cada dia. Se desde o início ela tivesse contado com a ajuda de outra aranha de mesma capacidade operacional, então, nas mesmas condições, quantos dias seriam necessários para que, juntas, as duas revestissem toda a superfície de tal janela?

(A) 10

(B) 12

(C) 15

(D) 18

(E) 19

_________________________________________________________

35. Relativamente a uma mesma prova de um concurso a que se submeteram, três amigos fizeram as seguintes declarações:

 

Ariovaldo: Benício foi reprovado no concurso e Corifeu foi  aprovado.

 

Benício: Se Ariovaldo foi reprovado no concurso, então Corifeu também o foi.

 

Corifeu: Eu fui aprovado no concurso, mas pelo menos um dos outros dois não o foi.

 

Admitindo-se que as três declarações são verdadeiras, então

(A) Ariovaldo foi o único dos três que foi aprovado no concurso.

(B) Benício foi o único dos três que foi aprovado no concurso.

(C) Corifeu foi o único dos três que foi aprovado no concurso.

(D) Benício foi o único dos três que foi reprovado no concurso.

(E) Ariovaldo foi o único dos três que foi reprovado no concurso.

 

 

36. Indagado sobre a quantidade de projetos desenvolvidos nos últimos 10 anos em sua área de trabalho, um Analista Legislativo que era aficionado em matemática respondeu

o seguinte: “O total de projetos é igual ao número que, no criptograma matemático abaixo, corresponde à palavra ESSO”.

(SO)² = ESSO

 

Considerando que, nesse criptograma, letras distintas equivalem a algarismos distintos escolhidos de 1 a 9, então, ao decifrar corretamente esse enigma, conclui-se que a quantidade de projetos à qual ele se refere é um número

 

(A) menor que 5 000.

(B) compreendido entre 5 000 e 6 000.

(C) compreendido entre 6 000 e 7 000.

(D) compreendido entre 7 000 e 8 000.

(E) maior que 8 000.

 

37. Se a é um número inteiro positivo, define-se uma operação & como a& = 3a 2. Considere a seqüência (a1, a2, a3, ..., an, ...) cujo termo geral é ( &)& an = n , para todo n = 1, 2, 3, ... . A soma do terceiro e quinto termos dessa seqüência é igual a:

(A) 42

(B) 46

(C) 48

(D) 52

(E) 56

_________________________________________________________

38. Em um jantar em homenagem a um político se reúnem 16 pessoas, incluindo o homenageado. Todas essas pessoas são deputados ou senadores, cada qual filiado ao partido X ou ao partido Y. Com relação a esses comensais, sabe se que:

− há mais membros do partido X que do Y;

− o número de deputados filiados ao partido Y é maior que o número de deputados filiados ao partido X;

− dos filiados ao partido X, o número de senadores é menor que o número de deputados;

− apenas um dos membros do partido Y é senador.

Nessas condições, é correto afirmar que, nesse jantar, o total de

(A) deputados é 11.

(B) senadores é 6.

(C) deputados filiados ao partido X é 4.

(D) senadores filiados ao partido X é 6.

(E) deputados filiados ao partido Y é 5.

 

 

39. Segundo dados de uma pesquisa, em 2006 cinco deputados − cujas letras iniciais dos nomes eram A, B, C, D e E − encaminharam à Mesa da Câmara, 9, 12, 14, 15 e 18 projetos, não respectivamente. Constam também nessa pesquisa as seguintes informações:

− tais deputados tinham 28, 36, 42, 45 e 56 anos de idade e eram filiados ao PT, PSDB, PFL, PSOL e PTB, não necessariamente nesta ordem;

− o deputado mais idoso era filiado ao PSDB;

− o deputado mais jovem era filiado ao PSOL e a letra inicial do seu nome não é B;

− o deputado filiado ao PT tinha 42 anos e a letra inicial do seu nome não é D e nem C;

− tanto o deputado cujo nome começa por E, que apresentou 18 projetos, como o deputado cujo nome começa por C, que apresentou 15 projetos, não eram filiados ao PSDB e nem ao PFL;

− o deputado cujo nome começa por D apresentou 12 projetos: dois a menos que o filiado ao PTB, cuja letra inicial do nome não é B;

− o deputado cuja letra inicial do nome é A não era filiado ao PSDB;

− o deputado que tinha 36 anos não foi aquele que apresentou 14 projetos;

− o deputado cuja letra inicial do nome é D não tinha 56 anos.

Com base nas afirmações dadas, é correto afirmar que o deputado filiado ao

(A) PTB tinha 36 anos.

(B) PSDB apresentou 12 projetos.

(C) PSOL tem por inicial de seu nome a letra C.

(D) PFL tinha 45 anos.

(E) PT apresentou 15 projetos.

 

033 – C

034 – E

035 – D

036 – B

037 – E

038 – A

039 – C

 

 

Oficial de chancelaria- FCC-2009

Estrutura lógica de relações arbitrárias entre pessoas, lugares, objetos ou eventos fictícios; deduzir novas informações das relações fornecidas e avaliar as condições usadas para estabelecer a estrutura daquelas relações. Compreensão e elaboração da lógica das situações por meio de: raciocínio verbal; raciocínio matemático (que envolvam, dentre outros, conjuntos numéricos racionais e reais - operações, propriedades, problemas envolvendo as quatro operações nas formas fracionária e decimal; conjuntos numéricos complexos; números e grandezas proporcionais; razão e proporção; divisão proporcional; regra de três simples e composta; porcentagem); raciocínio seqüencial; orientação espacial e temporal; formação de conceitos; discriminação de elementos. Compreensão do processo lógico que, a partir de um conjunto de hipóteses, conduz, de forma válida, a conclusões determinadas.

 

Oficial de Chancelaria 2009 FCC

01. (Oficial de Chancelaria 2009 FCC) Godofredo e Lili aniversariam nos respectivos meses de agosto e setembro, em um mesmo dia da semana. Se o dia do aniversário de Godofredo é o sêxtuplo do dia do de Lili, então a soma das datas em que os dois aniversariam é

(A) 21

(B) 14

(C) 7

(D) 35

(E) 28

 

02. (Oficial de Chancelaria 2009 FCC) Certo dia, Alfeu e Gema foram incumbidos de, no dia seguinte, trabalharem juntos a fim de cumprir uma certa tarefa; entretanto, como Alfeu faltou ao serviço no dia marcado para a execução de tal tarefa, Gema cumpriu-a sozinha. Considerando que, juntos, eles executariam a tarefa em 3 horas e que, sozinho, Alfeu seria capaz de executá-la em 5 horas, o esperado é que, sozinha, Gema a tenha cumprido em

 

(A) 8 horas.

(B) 7 horas.

(C) 6 horas.

(D) 7 horas e 30 minutos.

(E) 6 horas e 30 minutos.

 

03. (Oficial de Chancelaria 2009 FCC) Questionados sobre a falta ao trabalho no dia  anterior, três funcionários do Ministério das Relações Exteriores prestaram os seguintes depoimentos:

− Aristeu: “Se Boris faltou, então Celimar compareceu.”

− Boris: “Aristeu compareceu e Celimar faltou.”

− Celimar: “Com certeza eu compareci, mas pelo menos um dos outros dois faltou.”

Admitindo que os três compareceram ao trabalho em tal dia, é correto afirmar que

(A) apenas Aristeu e Celimar falaram a verdade.

(B) Aristeu e Boris mentiram.

(C) os três depoimentos foram verdadeiros.

(D) apenas Celimar mentiu.

(E) apenas Aristeu falou a verdade.

 

04. (Oficial de Chancelaria 2009 FCC) Zeus é um aficionado em matemática, pois quando lhe perguntaram sobre sua idade, ele respondeu: “Para saber a minha idade você deve decifrar o criptograma aritmético seguinte, que corresponde, de modo codificado, à adição de dois números naturais. Decifrado o criptograma, a minha idade é igual à soma dos algarismos que correspondem às letras da palavra FISCO.”

 

F O S S O

+ F O S S O

C I S C O

 

Considerando que letras distintas correspondem a algarismos distintos, quantos anos tem Zeus?

(A) 28

(B) 22

(C) 30

(D) 24

(E) 25

 

05. (Oficial de Chancelaria 2009 FCC) Considere a sucessão dos números naturais múltiplos de 3, dispostos na seguinte forma:

0 3 6 9 1 2 1 5 1 8 2 1 2 4 2 7 3 0 3 3 3 6 3 9 . . .

 

Nessa sucessão, o algarismo que deve ocupar a 126a posição é

(A) 3

(B) 5

(C) 1

(D) 0

(E) 6

 

Gabarito:

01.B 02.D 03.E 04.B 05.E

Login do usuário